PLAGIARISM FREE WRITING SERVICE
We accept
MONEY BACK GUARANTEE
100%
QUALITY

Funções importantes do retículo endoplasmático

Para os alunos que precisam aprender mais sobre o retículo endoplasmático, você deve entender que é tudo sobre a membrana contínua presente nas células animais e vegetais, mas é ausente nas células procarióticas. Basicamente, é uma membrana de sacos achatados e túbulos de rede e serve a muitas funções importantes dentro das células. O espaço que você pode ver é chamado de lúmen.

Tenha em mente que é uma organela significativa presente nas células de todos os organismos eucarióticos e na rede interconectada de tubos e sacos engordados nas membranas. Estes últimos são contínuos e se juntam às membranas nucleares externas. O retículo endoplasmático está presente quase em todos os tipos de células eucarióticas, exceto espermatozóides e glóbulos vermelhos. Tem dois tipos básicos, incluindo suave e áspero. O segundo é frequentemente estudado com ribossomos, que são o local da síntese de proteínas. É bastante proeminente em tipos de células específicas, como os hepatócitos, onde ocorre a síntese da proteína ativa. Quando se trata de seu tipo suave, ele não tem ribossomos, mas desempenha um papel importante nos processos de metabolismo.

Lembre-se de que o retículo endoplasmático serve a muitos propósitos dentro das células, como transportar proteínas diferentes, dobrá-las e assim por diante. Quando se trata de proteínas específicas, incluindo glicoproteínas, elas se movem através de suas membranas. Além disso, é responsável por marcá-los com uma certa sequência de sinal. Existem algumas outras proteínas que são direcionadas para fora dessa organela e embaladas em vesículas de transporte especiais para serem movidas das células através do citoesqueleto. Este termo é sobre um sistema eficiente e importante de células eucarióticas, e não se esqueça que contém proteínas até que elas sejam movidas.

Suas funções e estrutura importantes

Como você já sabe, pode ser definido como uma organela eucariótica que forma uma certa rede de vesículas, túbulos e cisternas dentro das células. Levar em consideração que o retículo endoplasmático contém duas regiões básicas que possuem diferentes funções e estrutura. Um deles é áspero e contém os ribossomos ligados aos lados da membrana citoplasmática e é uma série de alguns sacos achatados. A outra é lisa e não possui tais ribossomos e é uma rede de túbulos.

Quais são as funções mais importantes desta organela eucariótica? Para responder a essa pergunta na íntegra, você precisa considerar o seguinte:

  • O retículo endoplasmático é responsável pelo transporte correto de diferentes proteínas e carboidratos para outras organelas, incluindo membranas plasmáticas, lisossomas e assim por diante.
  • Desempenha um grande papel em termos de formar um esqueleto.
  • Ajuda na formação correta de membranas nucleares durante o processo de divisão celular.
  • Dá a área de superfície aumentada quando se trata de reações celulares específicas.
  • É importante para a síntese eficiente de lipídios, proteínas, glicogênios e outros esteroides, como progesterona, colesterol, testosterona, etc.

Qual é a sua estrutura? Você deve perceber que o retículo endoplasmático é uma extensa rede de membranas de estruturas semelhantes a sacos de cisternas que são mantidas juntas por um citoesqueleto. As membranas fosfolipídicas englobam este espaço ou o lúmen que é contínuo com o perinuclear.

A superfície do seu tipo áspero é cravejada com os ribossomos que fabricam proteínas, e é isso que lhe dá uma aparência áspera e nome. O seu tipo liso compõe-se daqueles tubules que se localizam perto da periferia de jaulas e esta rede estimula uma área de superfície para guardar enzimas importantes e os seus produtos. Tenha em mente que o retículo endoplasmático rugoso é responsável pela síntese de proteínas, enquanto o seu tipo suave sintetiza esteróides e lipídios. Outras funções cruciais incluem a metabolização de carboidratos e a regulação de processos como desintoxicação de drogas, concentração de cálcio e fixação de receptores nas membranas celulares. Esse tipo de organela varia consideravelmente, de modo que se estende das membranas celulares através de um citoplasma para formar alguma conexão contínua com os envelopes nucleares.

Células vegetais e animais

Nas células vegetais, o retículo endoplasmático funciona como uma porta eficiente que regulava a entrada de proteínas nas membranas. Também é importante para armazenar e biossintetizar lipídios. Existem muitas membranas solúveis associadas a chaperonas moleculares e enzimas, e as principais funções dessa organela nas células vegetais incluem a maturação e a síntese. No entanto, tem outras funções que não estão disponíveis em células animais. Uma das principais funções do retículo endoplasmático é a célula direita para a comunicação celular, e também serve como um ótimo local de armazenamento de proteínas. Contém proteínas estruturais e enzimas envolvidas no processo de armazenamento de lipídios e biogênese do corpo oleoso. Outro detalhe importante é que ele está conectado entre as células através dos plasmodesmos.

Em células animais, é tudo sobre uma determinada rede de sacos que desempenham um papel enorme no processamento, produção e transporte de diferentes compostos químicos para serem usados ​​tanto dentro quanto fora das células. O retículo endoplasmático também é conectado a invólucros nucleares de dupla camada que fornecem dutos eficazes entre o citoplasma e o núcleo dessas células. Como você pode ver, é uma organela multifuncional que sintetiza proteínas de membrana e lipídios enquanto regula os níveis de cálcio intracelular.

Envolvendo seu conhecimento

Como estudante de biologia, você precisa saber que a principal função do núcleo é ser um cérebro celular, enquanto o retículo endoplasmático serve como um eficiente sistema de embalagem e manufatura. Trabalha muito perto dos ribossomos, tRNA e mRNA. Estruturalmente, é uma rede dessas membranas que são encontradas nas células e estão conectadas ao núcleo. Não se esqueça de que essas membranas são um pouco diferentes e apenas funções celulares específicas podem determinar a estrutura e o tamanho do retículo endoplasmático. Por exemplo, algumas células, incluindo glóbulos vermelhos e procariontes, não têm esse tipo de organela. Aquelas células que sintetizam e produzem muitas proteínas requerem muito disso, e você deve dar uma olhada nas células do fígado ou do pâncreas porque elas servem como bons exemplos.

Existem 2 tipos principais envolvidos neste assunto, e ambos vêm com os mesmos tipos de membrana, mas a principal diferença é que suas formas são diferentes. Ao lidar com o retículo endoplasmático rugoso, ele se parece com alguns discos ou folhas de membranas esburacadas, enquanto seu tipo liso lembra tubos. Leve em conta que o primeiro tipo é chamado áspero porque os ribossomos estão ligados à sua superfície.

Outra coisa que deve ser lembrada é que as membranas duplas encontradas em ambos os tipos formam sacos ou cisternas. Moléculas de proteína são coletadas e produzidas no lúmen, e quando um número suficiente delas é sintetizado, elas são coletadas para serem comprimidas em vesículas que se movem ainda mais para distribuição e empacotamento extras.

O retículo endoplasmático liso funciona como uma organela especial para armazenamento. Ele desempenha um papel importante quando se trata de armazenamento e criação de esteróides e lipídios. Se você está mais interessado em esteróides, deve saber que eles são moléculas orgânicas com anéis que servem a vários propósitos nos organismos. Vale a pena mencionar que eles envolvem mais do que apenas construir músculos. Aquelas células no corpo que são responsáveis ​​por liberar o óleo tendem a ter um retículo endoplasmático mais liso que outras.

Preste atenção a um tipo raro chamado sarcoplasmático, que pode armazenar muitos íons em uma determinada solução que as células possam precisar posteriormente. Quando eles precisam executar algumas funções urgentemente, não faz sentido procurar um ambiente adequado para íons adicionais flutuando. Isso é porque é muito mais fácil armazená-los em pacotes para uso fácil. Por exemplo, quando você está correndo e suas células musculares permanecem ativas, elas exigem mais íons de cálcio. A boa notícia é que o retículo endoplasmático os libera quando necessário. Quando você está relaxando, eles serão armazenados para uso posterior.

Seu tipo áspero pode ser estudado com ribossomos, porque desempenha um papel importante na embalagem correta e na síntese de proteínas. Os ribossomos devem estar ligados à sua membrana para torná-la áspera. Esta organela também está ligada aos envelopes nucleares que circundam o núcleo. Concentre-se em uma conexão direta entre o lúmen do retículo endoplasmático e um espaço perinuclear, pois é isso que permite o movimento das moléculas através de ambas as membranas.

Para estudantes de biologia, você já deve saber que o processo de sintetizar proteínas começa quando o mRNA se move para os ribossomos a partir do núcleo, e isso acontece na superfície dessa organela. Os ribossomos são importantes para a construção de cadeias de aminoácidos, e quando as proteínas estão completas, elas são coletadas para serem pinçadas com vesículas. Alguns deles são usados ​​em células, enquanto outros são enviados para o espaço intercelular.

Em conclusão, você deve descobrir mais sobre as principais funções do seu tipo suave, incluindo a produção de lipídios ou gorduras, produzindo esteróides, como vitaminas e hormônios, metabolizando carboidratos, como amidos e açúcares, desintoxicando ou quebrando elementos nocivos. transformá-los em substâncias seguras e outras. É por isso que a importância dessa organela eucariótica não deve ser subestimada por nenhum aluno, especialmente ao estudar este assunto.

More than 7 000 students trust us to do their work
90% of customers place more than 5 orders with us
Special price $5 /page
PLACE AN ORDER
Check the price
for your assignment
FREE